Notícias

Em meio à corrida por combustíveis preço da gasolina sobe para R$ 5,18 em Palmas; veja pesquisa

O mês de novembro começou com preço da gasolina comum mais caro em Palmas. Segundo balanço do Procon Tocantins, divulgado nesta terça-feira (1º), em meio à corrida por combustíveis por causa das interdições nas entradas da cidade, reflexo do pós-eleições, o menor valor do produto é de R$ 5,18. O valor pode chegar a R$ 5,69. 

Na segunda-feira (31) o órgão já havia divulgado o levantamento semanal e o combustível podia ser encontrado entre R$ 4,99 e R$ 5,59. 

Filas se formam nos postos de combustíveis desde segunda-feira (31)por causa de protestos após o resultado do segundo turno das eleições presidenciais, que ocorreu no domingo (30). Apoiadores do presidente Bolsonaro (PL), inconformados com a derrota nas urnas, estão fazendo bloqueios em rodovias. Até a manhã desta quarta-feira (2), pelo menos 18 trechos foram ocupados por manifestantes.

Segundo o Procon, a nova divulgação da pesquisa ocorre por causa de denúncias sobre os valores dos combustíveis em decorrência da grande procura. O monitoramento ocorre em Palmas, Palmas, Araguaína, Dianópolis, Gurupi, Colinas, Dianópolis e Tocantinópolis. 

Em 17 estabelecimentos da capital não houve o registro do preço da gasolina porque não havia mais combustíveis, conforme o órgão. 

Etanol e diesel

Em 24h, o etanol também teve um leve aumento. Podia ser encontrado a partir de R$ 3,85 na segunda-feira e na terça-feira, foi para R$ 3,99. O maio preço se manteve em R$ 4,79. 

Com as variações de diesel não foi diferente. Em um dia custava a partir de R$ 6,10 o comum e R$ 6,19 o D-S10 e no outro foi para R$ 6,19 os dois tipos.

FONTE: G1