Notícias

Petróleo: Preços caem 1% após Fed aumentar taxas de juros

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo caíram cerca de 1% nesta quarta-feira para os menores valores em quase duas semanas em um dia de negócios voláteis, depois que o Federal Reserve dos EUA divulgou outro forte aumento da taxa de juros para conter a inflação, o que pode reduzir a atividade econômica e a demanda por petróleo.

O Fed elevou a taxa básica em 75 pontos-base pela terceira vez, para uma faixa de 3,00-3,25%, e sinalizou que mais aumentos significativos estão por vir. Ativos de risco como ações e petróleo caíram com as notícias, enquanto o dólar se recuperou.

O Brent recuou 0,79 dólar, ou 0,9%, a 89,83 dólares por barril, seu menor fechamento desde 8 de setembro, enquanto o petróleo WTI, dos EUA, caiu 1,00 dólar, ou 1,2%, para 82,94 dólares, seu menor fechamento desde 7 de setembro.

No início da sessão, o petróleo registrou alta de mais de 2 dólares por barril devido a preocupações com a mobilização de tropas russas, antes de cair mais de 1 dólar com a moeda norte-americana forte e menor demanda de gasolina nos EUA.

O presidente russo, Vladimir Putin, convocou 300.000 reservistas para lutar na Ucrânia e apoiou um plano para anexar partes do país, dando a entender que estava preparado para usar armas nucleares.

O presidente dos EUA, Joe Biden, acusou a Rússia de fazer ameaças “imprudentes” e “irresponsáveis” de usar armas nucleares.

A demanda por gasolina nos EUA nas últimas quatro semanas caiu para 8,5 milhões de barris por dia (bpd), a menor desde fevereiro, segundo a Administração de Informações sobre Energia dos EUA (AIE).

(Reportagem adicional de Ahmad Ghaddar em Londres, Yuka Obayashi em Tóquio, Isabel Kua e Florence Tan em Cingapura e Laila Kearney em Nova York)

FONTE: NOTICIAS AGRICOLAS