Notícias

Petróleo despenca 5,5% e Brent cai abaixo de US$ 100 o barril

Os preços do petróleo caíram mais de 5% nesta terça-feira (30) devido a preocupações com a recessão e novos confinamentos na China, que geram temores sobre a demanda da commodity.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em outubro perdeu 5,50% a US$ 99,31, fechando abaixo dos US$ 100. Enquanto isso, o West Texas Intermediate (WTI) para entrega no mesmo período recuou 5,53% a US$ 91,64.

“O mercado luta com os temores de recessão, os novos confinamentos na China que geram temores sobre a demanda e as preocupações sobre a oferta pela violência na Líbia”, resumiu à AFP Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.
Combates entre facções rivais na Líbia “fazem temer manifestações à frente dos portos que poderiam bloquear as exportações”, acrescentou o analista.

Mas na terça, os preços estavam pressionados, sobretudo, pelas “perspectivas de crescimento mundial, que continuam se deteriorando”, explicou Edward Moya, da Oanda.

A reunião de banqueiros centrais de Jackson Hole (Wyoming), na sexta-feira, “confirmou os temores dos que se preocupam com as perspectivas sombrias por causa da inflação”, acrescentou. Para ler esta notícia, clique aqui.

Autor/Veículo: UOL