Notícias

Polícia Militar realiza operações em comunidades do Rio

Rio – A Polícia Militar realiza desde o início da manhã desta segunda-feira (22), operações em diferentes locais da Região Metropolitana do Rio. Equipes atuam na favela da Kelson’s, na Penha; Jorge Turco, Palmeirinha e Mundial; entre os bairros de Rocha Miranda e Honório Gurgel, ambos na Zona Norte. Há ação ainda nas comunidades do Santo Cristo, Coreia, Vila Ipiranga, Nova Brasília e Marítimos, em Niterói.

Na favela da Kelson’s, há operação do 16º BPM (Olaria) para reprimir o crime organizado local e capturar envolvidos em roubos de veículos e cargas da região. Durante a ação, um adolescente foi baleado e encaminhado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas (HEGV), onde está sob custódia. De acordo com a direção da unidade de saúde, o estado de saúde dele é estável. 

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (SME), uma unidade escolar da comunidade está atendendo aos alunos de forma remota, por conta da ação policial. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou também que o Centro Municipal de Saúde João Cândido acionou o protocolo de acesso mais seguro e, para segurança de profissionais e usuários, interrompeu o funcionamento nesta segunda-feira. Ainda de acordo com as duas pastas, todas as unidades de ensino e de saúde do município funcionam normalmente nos outros locais.

Nas comunidades Jorge Turco, Palmeirinha e Mundial, a ação é feita pelo 9º BPM (Rocha Miranda), com o objetivo de reprimir roubos de veículos e de carga. De acordo com a PM, no Jorge Turco, os policiais se depararam com um suspeito armado que atirou contra os militares e houve confronto. O homem ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital Estadual Carlos Chagas. Com ele foram apreendidos uma pistola, grande quantidade de drogas e rádio transmissor.

Já o 12º BPM (Niterói) prendeu dois traficantes, um deles ferido, após um confronto no Morro dos Marítimos. Com os criminosos foram apreendidos uma arma, um rádio transmissor e grande quantidade de drogas. As equipes também atuam nas favelas do Santo Cristo, Coreia, Vila Ipiranga e Nova Brasília. Segundo as secretarias municipais de Saúde e Educação de Niterói, até o momento, as unidades de ensino e de saúde da cidade não foram afetadas e estão funcionando normalmente. 

A Polícia Militar pede a colaborações da população para localizar criminosos e esconderijos de armas e de drogas pelo 190 ou pelo Disque Denúncia, nos telefones (21) 98849-6099; (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, além do App Disque Denúncia RJ e também pelo inbox do Facebook e Twitter dos Portal dos Procurados. O anonimato é garantido.

FONTE: O DIA